Tecnologia do Blogger.

Era para ser apenas uma segunda-feira normal...

... mais uma contagem pelo final de semana, mais um dia qualquer onde nada aconteceu. Era apenas eu, meu computador, música e muita coca-cola. Era final de período, não tive aula, não teria aula no dia seguinte, esperava apenas algumas notas, não tinha mais trabalhos a fazer, podia curtir minhas horas na internet (muitas por sinal) fazendo algo que realmente me agradava: ler blogs e escrever nos meus (o títular e esse aqui, reserva).

Era para ser apenas mais uma segunda-feira. Jurava até que já estava curada dos efeitos colaterais de um amor não correspondido, talvez sofrendo ainda um ou outro espasmo de um início de atração que não deu em nada (que eu sabia que não daria em nada), mas até ai tudo normal, eu achava que tudo estava em seu lugar: Meu coração do lado esquerdo do peito (e não vagueando por ai sem rumo atrás de alguém, ou tentando encontrar o caminho de volta para mim), minha cabeça apenas acima do pescoço (e não voando alto, muito longe dos meus pés).

Era apenas uma segunda-feira de agosto, ainda faltavam mais três. Era apenas mais um dia, mais um início de noite. Então veio aquela música que não saia do meu player: "Quem é essa menina do céu cor-de-rosa", cantava D'black. Era ela, meu msn avisava com essa música que ela acabara de ficar on line.

O coração disparou, saiu de seu lugar, viajou centenas de quilometros até ela, minha cabeça parecia que a explodir, o mundo girou. Tudo saiu da ordem em que estava. Fazia tanto tempo que não nos falavamos que julgava ter esquecido o sentimento que eu nutria, mas não. Tudo veio à tona, maior e mais forte, como um vulcão adormecido por milhares de anos que desperta com toda a força do tempo que passou enclausurado em si mesmo.

Ela estava on line. Fiquei por um tempo olhando aquele nome, aquela foto dentro de um minúsculo quadradinho verde. Esperei por intermináveis e eternos cinco minutos, esperei ela falar comigo... Achei que talvez sentisse saudade dos tempos que conversávamos até as quatro da manhã, saudade de chorar de tanto rir com minhas besteiras, saudade das minhas confusões e da minha timidez quando ela me cantava descaradamente.

Mas não, não foi bem assim, concentrada que eu estava naquele pequeno quadrado na tela do meu computador, sentindo cada parte do meu corpo arrepiar e eu tremer inteira. Meus olhos marejando, enchendo de lágrimas, mais e mais, e eu não me arriscava nem a piscar. As lágrimas caiam no teclado do meu computador, meus olhos ardiam e eu esperava. Não aguentei mais e finalmente pisquei, era como se fosse a deixa.

Passei longos dois segundos com os olhos fechados, para passar um pouco a dor, e quando abri não mais havia ali o quadradinho verde com a foto dela... não mais havia o nome, não mais havia nada que me interessasse naquela página.

Meu coração continuou rápido, meu corpo continuou sem obedecer meus comandos para parar de tremer, meus olhos ainda ardiam, minha mente não queria acreditar que ela se fora novamente. Não trocamos uma palavra, nada aconteceu. Foi apenas a música quando ela apareceu e o silêncio quando foi embora.

Àquela segunda-feira não foi mais a mesma, não teve porque ser diferente, mas só de saber que ela estava ali me abalou profundamente... E eu fiquei a pensar, como posso mascarar os sentimentos até para mim mesma. Como ainda sinto o que julgava não mais sentir... Como uma música, um rosto e nenhuma palavra podem mudar uma segunda-feira, que mudará por sua vez a terça, e assim por diante até que esse sentimento seja novamente escondido. Até que ela de novo o desperte com algum outro não-gesto. Ou até que ele canse de ser acordado e atormentado (e me atormente), e não desperte mais.

"When we collide, we lose ourselves..."

1 comentários:

Dra. Gô 12 de agosto de 2009 22:30  

A Dra. agradece a visita e fica feliz de que não te arrependeste de ficar em casa aproveitando as belas palavras e os pensamentos desconexos mantidos pela Dra.
Sej bem vinda! A Dra. agradece as palavras e deseja a você uma iluminada quinta feira.

Beijos da Dra!

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário, volte sempre =D

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Emporium Digital